O que é Feng Shui

Literalmente, Feng Shui significa “vento e água”. O vento não se vê, e a água não se agarra.
Da mesma maneira, qualquer definição desta complexa filosofia não traduz o seu real alcance nem a sutileza de suas teorias.
A expressão Feng Shui designa o método de alinhar casas, escritórios e espaços comerciais conforme as forças da natureza. Ao promover o equilíbrio energético do ambiente e da pessoa que o ocupa, esse sistema poderoso integra os desejos humanos à vontade do universo, ajudando o homem a alcançar suas aspirações nos diferentes setores da vida.

A antiga tradição chinesa batizada de Feng Shui engloba arte, técnica e conceitos de áreas diversas do conhecimento. Sua aplicação pode auxiliar qualquer pessoa,
independentemente de credo, raça e religião.

A principal “matéria-prima” do Feng Shui é a energia, que os chineses chamam de “Chi” (pronuncia-se Ti). O Chi é a força dinâmica que flui em cada ser vivo, interligando e animando todo o universo. Cada pessoa, cada casa e cada escritório tem seu próprio Chi, e tudo no mundo está conectado por essa respiração cósmica, tão invisível quanto poderosa.

O Bagua, o Feng Shui mapeia o fluxo de energia nos espaços através do “baguá” (ba = oito, guá = lados), uma espécie de mandala em forma octogonal que é sobreposta à planta baixa do imóvel para delimitar os setores que correspondem aos aspectos mais importantes da vida. São nove áreas: família, prosperidade, fama, relacionamento, criatividade, amigos, carreira, conhecimento e saúde. Esta última área fica no centro do diagrama, representando o equilíbrio das forças yin e yang, a harmonia. É o centro da casa, o coração.

Quando o baguá é aplicado sobre a planta baixa de um imóvel, o especialista em Feng Shui observa, entre outras coisas, se há alguma área faltante naquele espaço, indicando problemas naquele setor para quem mora ali. Em caso positivo, será preciso fortalecer a área faltante, criando maneiras para modificar a energia daquele local.

Para o consultor de Feng Shui, a planta baixa de um imóvel colocada na Bagua é como uma radiografia, permitindo um diagnóstico completo. Uma vez identificadas as “doenças”, será possível prescrever as curas. As soluções mais conhecidas do Feng Shui são feitas através de alterações na disposição de móveis, pinturas, cores, iluminação, plantas e objetos como cristais e sinos de vento. Essas “ferramentas” podem eliminar bloqueios e ativar setores da vida que estão estagnados, como prosperidade, relacionamento ou carreira, por exemplo. Mas há muitos outros mecanismos, menos populares: são as curas transcendentais, chamadas assim porque operam num nível que transcende o nosso entendimento lógico.